segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Gigante pela própria natureza - Lula envia carta ao povo brasileiro.

Carta de Lula! 

A imagem pode conter: texto

Do Blog de ANCHIETA FRANÇA:
A justiça será feita e verei ainda o senhor novamente governando essa nação. Meu eterno presidente.

Desafio: Alcançar Marte em "193 segundos" com a Tecnologia Warp Drive (Videos)


Eles propõem manipular o espaço-tempo para alcançar Marte em 193 segundos, de acordo com um relatório secreto revelado pela imprensa americana. Buracos de minhoca e tecnologia de propulsão de dobra são a base deste plano.


Algum tempo depois de agosto de 2008, o Departamento de Defesa dos EUA contratou dezenas de pesquisadores para estudar algumas tecnologias aeroespaciais muito avançadas que incluem métodos nunca antes vistos de propulsão, sustentação e furtividade.

O resultado foi um relatório de 34 páginas que atraiu a atenção da mídia pelas possibilidades meramente teóricas de tecnologias que permitiriam, por exemplo, chegar a Marte da Terra em apenas 193 segundos ou a Júpiter em meia hora.

O relatório se concentra especialmente na possibilidade de exceder o limite de velocidade da luz para viajar pelo espaço.

Ele ressalta que, nos últimos anos, os físicos descobriram duas lacunas que hipoteticamente permitiriam que essa limitação fosse transposta: a ponte de Einstein-Rosen (comumente conhecida como "buraco de minhoca") e o deslocamento da curvatura, também conhecido como mecanismo de dobra.

Fundamentalmente, ambas as idéias envolvem a manipulação do espaço-tempo de uma maneira exótica que permite uma viagem mais rápida que a luz, disse o relatório.

O deslocamento da curvatura é uma forma teórica de propulsão superluminal que permitiria impulsionar uma nave espacial a uma velocidade equivalente a vários múltiplos da velocidade da luz.

Esse tipo de propulsão baseia-se em curvar ou distorcer o espaço-tempo, de maneira a permitir que uma nave se aproxime do ponto de destino, como aconteceu no filme Star Trek.

O buraco de minhoca pressupõe que é possível conectar duas regiões potencialmente distantes do espaço através de um atalho topológico.

Uma nave entraria em um buraco de minhoca e partiria instantaneamente para uma região remota do espaço e, supostamente, também do tempo. É um dos fundamentos da hipotética viagem no tempo.


A maneira como isso poderia funcionar, diz o relatório, é usar uma grande quantidade de energia escura para expandir uma dimensão extra em uma "bolha".

Essa bolha seria grande o suficiente para acomodar uma nave espacial de talvez 100 metros cúbicos, mais ou menos do tamanho de um caminhão semi-reboque.

"Se você pretende alimentar realisticamente a noção de exploração interestelar em tempos da vida humana, é necessária uma mudança drástica na abordagem tradicional da propulsão de naves espaciais", escrevem os autores.

Os autores sugerem que não podemos estar muito longe de decifrar os mistérios de outras dimensões superiores e invisíveis e a chamada energia escura.

Na cosmologia física, a energia escura é uma forma de energia que estaria presente no espaço, produzindo uma pressão que tende a acelerar a expansão do universo, resultando em uma força gravitacional repulsiva.

Em Física, acredita-se também que o universo pode não consistir nas três dimensões espaciais de comprimento, largura, largura e uma vez, mas, de fato, pode haver até sete dimensões adicionais.

"O controle desse espaço maior pode ser uma fonte de controle tecnológico sobre a densidade de energia escura e, em última análise, pode desempenhar um papel no desenvolvimento de tecnologias de propulsão exóticas, especificamente um impulso de dobra", diz o relatório

E ele acrescenta: "as viagens aos planetas dentro de nosso próprio sistema solar levariam horas em vez de anos, e as viagens ao sistema estelar local seriam medidas em semanas, em vez de centenas de milhares de anos", conclui.

O relatório, completamente confidencial, foi descoberto por uma televisão em Nevada, foi objeto de informações e análises de várias mídias, como Business Insider, e também divulgado pela Public Intelligence.

Sean Carroll, físico teórico da Caltech citado pelo Business Insider, esclarece: “Não há chance de que alguém em nossas vidas ou nos próximos 1.000 anos construa qualquer coisa que faça uso de qualquer uma dessas idéias, para fins de defesa ou algo assim. "
Mais um post by: UFOS ONLINE

                                                  Veja os Vídeos Abaixo:


Vagas remanescentes do Prouni são ofertadas até esta segunda-feira (30)

Estudantes que já estão matriculados em uma instituição de ensino superior (IES) e desejam concorrer a uma bolsa de estudo remanescente do Prouni têm até a próxima segunda-feira, 30, para realizar a inscrição. O Programa Universidade para Todos está disponibilizando a sobra de bolsas na última edição desse ano. Os interessados em concorrer ao auxílio estudantil integral ou parcial devem acessar o site do Prouni.
As bolsas remanescentes do Prouni são aquelas que não foram ocupadas por candidatos selecionados ao longo do processo da chamada regular. As regras para concorrer a essas oportunidades são um pouco mais flexíveis, já que nesse caso vale qualquer edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010. Confira abaixo outros critérios:
• Ter alcançado uma média igual ou superior a 450 nas objetivas do Enem
• Ter alcançado nota maior que zero na redação do Enem
• Renda familiar per capita máxima de três salários mínimos
• Ter estudado o ensino médio em escola pública, ou;
• Ter estudado em escola particular como bolsista integral da instituição

Fonte: E+B Educação | Géssica Santos



Cópia autorizada mediante citação com link: https://oportaln10.com.br/vagas-remanescentes-do-prouni-sao-ofertadas-ate-esta-segunda-feira-30-90976/#ixzz610Izktkb
Under Creative Commons License: Attribution
Follow us: @PortalN10 on Twitter | PortalN10 on Facebook

Prêmio ‘Educador Nota 10’ escolhe professor do ano no próximo dia 30/09

Prêmio Educador Nota 10 escolhe professor do ano no próximo dia 30 09
Prêmio Educador Nota 10, que este ano chega a sua 22ª edição, já tem os nomes dos professores vencedores. Entre 4.876 educadores de todo o Brasil que inscreveram seus projetos, 10 foram selecionados para demonstrar como ideias inovadoras podem transformar a educação. Temáticas como gestão escolar, modernidade, protagonismo feminino e juvenil e preconceito estão entre os projetos em destaque.
A próxima e última etapa agora é a escolha – entre os dez – do Educador do Ano. A cerimônia de premiação ocorrerá no próximo dia 30 de setembro, em São Paulo. Até lá, a população também poderá escolher o seu projeto favorito na Votação Popular #EsseProjetoé10. Dessa maneira, além de ser escolhido o educador pelo júri, o segundo eleito pelo público receberá uma homenagem especial. Para escolher o seu melhor projeto, basta clicar aqui.
Todos os premiados receberão diploma de participação, assinatura digital de NOVA ESCOLA e R$ 15 mil – além disso, as escolas em que trabalham recebem R$ 1 mil. Já o Educador do Ano também recebe R$ 15 mil e sua escola será contemplada com $ 5 mil.
Entre os critérios para a escolha estão a equidade e inclusão como valores, didática específica da área, inspiração para aplicabilidade do projeto em outros contextos entre outros. Todos os projetos passam por avaliação de uma Academia de Selecionadores e Jurados, que é composta por especialistas em cada área do conhecimento.
Em 2018, o projeto De Pai para Filho, da professora Ivonete Dezinho, de Naviraí (MS) foi escolhido com 24,82% dos votos populares. O título de Educador do Ano ficou com o professor de História José Marcos Couto Júnior, do Rio de Janeiro. Com o projeto Caravanas, Marcos utilizou a música de Chico Buarque para discutir a relação do negro na sociedade brasileira, trabalhando também sobre a invisibilidade social.
O Prêmio Educador Nota 10 é realizado pela Fundação Victor Civita (FVC) em parceria com a Fundação Roberto Marinho. A premiação tem ainda apoio da NOVA ESCOLA e patrocínio da Fundação Lemann e da Somos Educação.




Under Creative Commons License: Attribution

'Navio fantasma' naufragado há 118 anos é encontrado nos EUA (FOTOS)

Uma equipe de buscas americana encontrou no lago Superior, na costa do estado americano de Minnesota, o navio Hudson, que naufragou em setembro de 1901 e foi chamado de "navio fantasma" pelos habitantes locais.
A embarcação foi encontrada com a ajuda de um sonar, a uma profundidade de 250 metros, em julho deste ano, mas a descoberta só agora foi divulgada na mídia, escreve a edição local de notícias MRP.
Os pesquisadores conseguiram tirar fotografias do barco, construído em 1888, que, segundo eles, permaneceu quase intacto.
O navio, que transportava uma carga de linho e trigo, partiu do porto de Duluth em 15 de setembro de 1901, e desapareceu após ter enfrentando uma forte tempestade.


118 anos após o navio afundar no vendaval do Lago Superior, pesquisadores localizam destroços de 825 pés abaixo da superfície

Compartilhar história


Uma âncora é vista no convés do cargueiro Hudson
Uma âncora é vista no convés do cargueiro naufragado Hudson, descansando a 825 pés abaixo da superfície do Lago Superior na costa da Península Keweenaw, no Michigan.
Foto cedida por Jerry Eliason e Kraig Smith
As bandeiras voaram a meio mastro quando o cargueiro Hudson passou pelo canal de Duluth em um dia de meados de setembro, pouco mais de 118 anos atrás.
A tripulação do navio estava cumprimentando o presidente William McKinley, que havia sucumbido à bala de um assassino no dia anterior.
Foi um começo sombrio para a passagem do Hudson pelo lago Superior - e, em retrospecto, talvez uma prenúncio sinistro do que estava por vir.
"Ninguém a bordo percebeu que, em poucas horas, eles iriam em vão transmitir sinais de angústia", reportaria o Duluth News Tribune mais tarde.
No dia seguinte à saída dos Portos Gêmeos, o Hudson se deparou com um vendaval vicioso e afundou ao longo da costa castigada pela tempestade da Península Keweenaw de Michigan; não houve sobreviventes.
Nas décadas que se seguiram, houve histórias de que o Hudson ainda navegava no lago como um "navio fantasma". Mas, na maior parte, sua história desapareceu com o passar do tempo. E o navio em si foi perdido nas profundezas do Lago Superior - até este verão.
Os caçadores de naufrágios Jerry Eliason, de Cloquet, Minnesota, e Kraig Smith, de Rice Lake, Wisconsin., Usaram sonar e, em seguida, uma câmera para localizar e confirmar a descoberta do Hudson, agora repousando em 825 pés de água.

Naufrágio de Hudson no Lago Superior
Parte do nome do Hudson é visível nesta imagem a partir dos destroços do cargueiro em 825 pés de água no Lago Superior, no mar, perto de Eagle River, Michigan. O Hudson afundou em setembro de 1901; o naufrágio foi descoberto em julho de 2019.
Foto cedida por Jerry Eliason e Kraig Smith

"Está muito intacto, arremessado no arco inferior primeiro", disse Eliason. “Portanto, o arco está nivelado com a lama e a popa provavelmente está a cerca de 6 metros do fundo, e a hélice está suspensa no ar.
Eliason e Smith fizeram parte de várias descobertas de naufrágios do Lago Superior nos últimos anos, incluindo a descoberta de 2013 do cargueiro Henry B. Smith, que desapareceu com todas as mãos um século antes.

O Hudson de 288 pés de comprimento era uma embarcação de aço robusta, construída em 1888 "e uma das embarcações mais rápidas dos lagos", escreveu o autor e professor de longa data da Universidade de Minnesota Duluth, Julius Wolff, em seu livro "Naufrágios superiores do lago".
O Duluth News Tribune informou na época que o Hudson era conhecido como um dos "galgos dos lagos". O capitão do navio, Angus J. McDonald, estava "casado com o Hudson", um passageiro recente, Harry Nesbitt, disse ao News Tribune logo após o naufrágio. "Ele me disse a caminho de Duluth que ela era o barco mais seguro dos lagos, na sua opinião, e se arrependeria muito se tivesse que fazer alguma coisa. outro barco ".
O Hudson carregava uma carga de trigo e linho quando partiu de Duluth em 15 de setembro de 1901. Em algum momento, quando o Hudson passou pelas Ilhas Apóstolos, um vendaval do Lago Superior foi acionado. E na manhã seguinte, em 16 de setembro, os detentores de faróis em Eagle River, Michigan, viram um "navio a vapor de duas pilhas considerável morto na água, listado mal", escreveu Wolff. "O vapor não identificado de repente rolou e afundou."

O Hudson foi lançado em 1888 e afundou no Lago Superior em 1901
O vapor Hudson, visto aqui em uma foto sem data, foi lançado em 1888 e afundou em uma tempestade no Lago Superior em setembro de 1901. Os destroços do Hudson foram localizados no verão de 2019.
C. Coleção Patrick Labadie / Santuário Marinho Nacional Thunder Bay, Alpena, Mich.

Mas a tempestade havia derrubado

Cientista da NASA tem esperança em achar vida em Marte, mas vê despreparo da humanidade

Foto tirada pela sonda Mars Express mostra tempestade de areia perto da calota polar do norte de Marte

A NASA e a Agência Espacial Europeia irão a Marte procurar vida no subsolo do Planeta Vermelho. A NASA acredita que as missões encontrarão evidência de vida extraterrestre. Mas a humanidade está preparada para conhecer novas formas de vida?
Em 2020, a NASA e a Agência espacial europeia irão enviar astromóveis para Marte, a fim de perfurar a superfície do planeta em busca de vida extraterrestre. Em recente entrevista ao jornal britânico The Sunday Telegraph, o cientista-chefe da NASA, Dr. Jim Green, disse que, pelo menos, uma delas poderá encontrar evidências da tão procurada vida fora da Terra.
Os astromóveis irão perfurar a superfície de Marte, em uma área na qual se acredita que há cerca de quatro bilhões de anos havia um oceano. Há evidências de que o Planeta Vermelho possa ter sido um dia tão azul quanto a Terra. Os astromóveis irão extrair amostras de material orgânico e, pela primeira vez na história, transportá-las para a Terra em tubos especiais.
De acordo com Green, onde há água, há vida. Portanto, amostras do antigo oceano de Marte podem trazer evidências de vida no Planeta Vermelho. Segundo o cientista, a descoberta será tão "revolucionária" quanto a de Copérnico e "irá originar novas formas de pensamento".
No entanto, o Dr. Green manifesta estar preocupado com as consequências do anúncio: "Eu não acho que estamos preparados para os resultados. Não estamos", alertou ele.
A missão acontece após a descoberta de provas geológicas de que existem reservatórios de água no subsolo de Marte. De acordo com cientistas, Marte poderia ter tido um grande oceano que, como resultado das mudanças climáticas, recuou para as profundezas do planeta: "Quando o meio ambiente fica muito extremo, a vida se desloca para dentro das rochas", explicou o cientista.

Vida extraterrestre

O Dr. Green, que trabalha na NASA há 38 anos, acredita que existe a possibilidade de haver pequenos organismos em outros planetas: "Não há motivos para acreditar que não existam civilizações em outros lugares, porque nós estamos encontrando exoplanetas em todo o lugar".
Saturno e seus satélites Titã e Encélado
Saturno e seus satélites Titã e Encélado
A aposta do cientista é de que haja vida na lua de Saturno chamada Titã. "Se nós fossemos para algum lugar procurar vida distinta da nossa, deveríamos ir para Titã", propôs o cientista. “Em Titã você substitui o metano por água, então você terá um tipo diferente de vida, com uma nova estrutura química que comporia um novo tipo de DNA. Seria muito esquisito."
Via Sputinik

FOTO na web está fazendo internautas quebrarem cabeça em busca de leopardo

Leopardo no zoo de Moscou

A publicação de uma foto de um leopardo disfarçado entre terra, pedras e madeira está ganhando popularidade no Twitter.


A foto foi publicada em 27 de setembro pela internauta Bella Lack, que destacou que quando lhe pediram para encontrar o leopardo, ela primeiro pensou que era uma piada.
  retweetou
Someone just sent this to me and asked me to find the leopard. I was convinced it was a joke... until I found the leopard. Can you spot it?
Alguém me enviou isso e me pediu para encontrar o leopardo. Eu estava convencida de que era uma piada [...] até que encontrei o leopardo. Você pode vê-lo?
Alguns internautas se queixaram da dificuldade extrema da esfinge, com alguns deles até relevando terem perdido muito tempo para encontrar o felino sem sucesso algum.
Mas nem todo mundo ficou perdeu a paciência tão rápido, e muitos até que encontraram o tão buscado leopardo. Acontece que o felino está deitado em um pequeno buraco do lado esquerdo da árvore. O pelo do mamífero fez com que ele se perdesse entre a paisagem.
Sem dúvidas, o leopardo se escondeu muito bem, e muito possivelmente nem estava querendo se esconder de alguém. Só escolheu um local confortável para relaxar.


PM É PRESO COM MACONHA E AUTUADO POR FALSIDADE IDEOLÓGICA.



Um  policial  militar  do  Rio  Grande  do Norte foi preso na quinta-feira (26) em Parnamirim, na Grande Natal, após uma operação conjunta da Delegacia    Especializada    em    Narcóticos   (Denarc)   e    Delegacia Especializada em Investigação e Combate Crime Organizado(Deicor).


Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em Natal, Parnamirim e João Pessoa, capital da Paraíba. Durante a vistoria em um dos imóveis, o PM tentou atrapalhar o trabalho da Polícia Civil e desacatou os agentes.

Leia também:
Polícia fecha bingo clandestino e destrói seis máquinas caça-níqueis
PM prende três e apreende drogas e dinamite em operação em Natal

Segundo a PC, o militar aparentava estar sob efeito de drogas e portava uma quantidade de maconha. Além disso, na residência dele foram apreendidos cópias de documentos falsos de vários órgãos públicos de diferentes estados do Brasil.

Também foi encontrado papel timbrado, que provavelmente seria utilizado para forjar a fabricação de documentos falsos. O homem foi autuado em flagrante por falsidade ideológica. O nome dele não foi divulgado.

Na mesma operação, os policiais cumpriram um mandado de prisão contra Augusto Jônatas Brito Ribeiro, investigado pela prática do crime de tráfico de drogas.

OP9/RN

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Governo Fátima envia projeto que aumenta salários da Polícia Militar em 23%


Projeto enviado pelo governo prevê 23% de reajuste para os militares estaduais, dividido em seis parcelas, sendo: 2,5% em março de novembro de 2020
Eduardo Maia
Representantes de associações militares e Raimundo Alves entregaram projeto

Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Ouça: Agora RN » Governo Fátima envia projeto que aumenta salários da Polícia Militar em 23%0:00
Acompanhado de policiais e bombeiros militares, o secretário-chefe do Gabinete Civil do Governo do Estado, Raimundo Alves Júnior, entregou nesta quinta-feira, 26, para o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), um projeto de lei que reduz as distorções salariais e o tempo necessário para as promoções na carreira militar da Polícia e do Corpo de Bombeiros. A proposta é parte de um acordo firmado entre o governo e os militares estaduais.
De acordo com Raimundo Alves, os reajustes salariais serão feitos de forma escalonada, nos próximos três anos e de forma crescente, permitindo que o Governo do Estado chegue em 2022 promovendo uma equiparação salarial. Dentro do projeto está contemplada também a redução do tempo para as promoções dentro das carreiras dos policiais e bombeiros militares. O projeto diminui o tempo de promoção do soldado para o cabo – de 10 para 8 anos; do cabo para o terceiro sargento – de 6 anos para 4 anos; e, nas demais carreiras, de 4 anos para 3 anos.
Representando as associações presentes na reunião, o presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBM/RN), Eliabe Marques, disse que a notícia chega para a categoria como um alívio. “Os policiais e bombeiros recebem essa notícia com muita alegria. De imediato, nós queremos reconhecer o esforço do governo, a parceria com a Assembleia e esperamos que essas medidas, chegando na ponta, chegando no policial, ela se reverta na melhoria do serviço prestado a população”, comemorou.
O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, manifestou apoio ao projeto. “Estamos prontos para dar celeridade a todos os projetos de lei que representem benfeitorias para a nossa população. Assim será com esse, que hora recebemos e que tanto representa para a segurança pública de todo o nosso Estado”, concluiu.
O projeto enviado pelo governo prevê 23% de reajuste para os militares estaduais, dividido em seis parcelas, sendo: 2,5% em março de novembro de 2020; 3,5% em março e novembro de 2021; 4,5% em março de 2022 e 4,58% em novembro de 2022, totalizando o acumulado de 23% no período.
“O Governo do Estado havia se comprometido com os policiais e bombeiros militares que em setembro iríamos trazer para a Assembleia um projeto de lei que finalizasse essas distorções e que promovesse mais dignidade para a categoria. Hoje viemos entregar o projeto e pedir, mais uma vez, o apoio desta Casa Legislativa para que este seja aprovado e permita que a segurança pública do RN vivencie um novo momento”, explicou Raimundo Alves.
De oposição, o deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) parabenizou o teor do projeto e aproveitou a oportunidade para convidar os presentes para o lançamento da Frente Parlamentar da Segurança Pública, que será lançada na próxima segunda-feira, 30, na Assembleia Legislativa. “Seremos sete deputados desta casa atentos para defender as pautas da segurança pública”, enfatizou.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...