ALINHAMENTO PLANETÁRIO

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Cientistas concluem: há milhões de anos atrás, uma raça alienígena avançada existiu em Marte

Cientistas concluem: há milhões de anos atrás, uma raça alienígena avançada existiu em Marte


 

Marte é diferente de qualquer outro corpo celeste em nosso sistema solar. Desde tempos imemoriais, o planeta vermelho capturou a imaginação e o interesse de pessoas em todo o mundo, desde a época do império asteca, inca e maia, e claro a sociedade moderna...
 
Mas o que tem em Marte que nos faz querer saber de tudo sobre ele? Estamos interessados em Marte porque pensamos que poderia haver vida lá? Estamos tão interessados no planeta vermelho porque existe a possibilidade de que uma civilização avançada possa ter florescido no passado?
 
Dr. John Brandenburg, um físico de plasma que trabalha como consultor na Morningstar Applied Physics LLC e como instrutor em tempo parcial de Astronomia, Física e Matemática no Madison College, acredita que civilizações extremamente avançadas existiram em Marte, quando o planeta vermelho era muito mais parecido com a Terra, e evidências de sua existência podem ser encontradas no planeta vermelho hoje.
 
"Marte se apresenta a raça humana como um teste de inteligência darwinista, e até agora, estamos falhando. Os cientistas não conseguem ligar os pontos sobre Marte porque a imagem resultante é muito aterrorizante para ser aceita."
 
Não só o Dr. Brandenburg acredita que Marte já foi habitada, mas ele tambem acredita que os dados de Marte mostram evidências claras de isótopos - assinatura de armas - provando que dois "ataques aéreos" nucleares massivos nas regiões norte de Marte ocorreram no passado distante.
 
"O xenônio de Marte é encontrado igualado com um componente na atmosfera da Terra produzido pelos programas de armas nucleares (da Terra), tanto nos testes de bombas de hidrogênio quanto na produção de plutônio, que envolvem grandes quantidades de fissão com nêutrons. Verificou-se que o xenônio de Marte pode ser aproximadamente uma mistura de 70% de xenônio de Teste Nuclear, misturado com 30% de xenônio natural da Terra, sugerindo que o xenônio de Marte era semelhante ao da Terra antes que um grande evento nuclear o alterasse dramaticamente."
 
 

Marte: A Terra primitiva do nosso sistema solar?

 
"Quanto mais estudamos sobre Marte, mais fica evidente de que ele realmente é um planeta fascinante, com um passado incrivel. A partir doCuriosity agora sabemos que Marte ja foi um planeta muito parecido com a Terra, com longos mares salgados, com lagos de água doce, provavelmente com montanhas cobertas de neve e um ciclo de água como estamos acostumados aqui na Terra... Mas algo aconteceu com Marte; Ele perdeu a sua água." John Grunsfeld, astronauta norte-americano, veterano de cinco missões espaciais e ex-chefe cientista da NASA.
 
O Dr. John Brandenburg acredita que há provas claras de que pelo menos duas grandes explosões nucleares ocorreram em Marte, e que qualquer pessoa que possa ler um mapa pode encontrar uma correlação entreCydonia Mesa e Galaxias Chaos (regiões em Marte) e evidências de ondas de choque (grandes explosões) .
 
Em uma palestra, o Dr. Brandenburg declarou que há evidências conclusivas de que a civilização de Marte foi destruída por uma explosão nuclear maciça. Além disso, o Dr. Brandenburg afirma que o governo dos EUA tem conhecimento dessas evidências desde 1976. Dr. Brandenburg afirma ainda que a civilização marciana não foi suficientemente avançada para ter criado as explosões nucleares por si só, e que eles devem ter sido destruídos por outra civilização extremamente avançada.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...