terça-feira, 14 de junho de 2016

Folguedos em louvor a São João Batista, padroeiro de São João do Sabugi/RN


video



Que os folguedos em louvor a São João Batista, padroeiro de São João do Sabugi, sejam alegres e pacíficos, devotos e dignos, felizes e fraternos...
“Na roda da festa, como na roda da vida, tudo volta inelutavelmente ao mesmo lugar, os jovens aprendendo com os velhos a perpetuar uma cultura legada pelos últimos” (Mary Del Priore, 2000).

A Festa de São João Batista – também chamada de Festa de Junho, pelo seu transcurso entre os dias 14 e 24 desse mês – não é somente uma festa de padroeiro, tampouco uma festa junina qualquer: para os sabugienses, esse tempo específico, território lúdico para o descanso, o prazer e a alegria, reveste-se de especial significado por coincidir com o marco inaugural do seu lugar.
O evento festivo é aniversariante em 24 de junho, quando há 184 anos celebrou-se o primeiro São João em São João, na missa rezada pelo Padre Visitador Manoel José Fernandes: podemos creditá-lo enquanto "um São João” porque se homenageava São João Batista em seu dia; era “em São João”, porque localizado no sítio São João, de Ana Joaquina de Souza, embrião do velho São João do Príncipe.
O povo de São João do Sabugi atribui à sua Festa de Junho dois sentidos centrais: o de ser a homenagem anual ao orago do seu principal templo católico e o de ser o aniversário de fundação da sua aglomeração urbana primeva.
Festa de São João Batista. Período de fuga da rotina do trabalho. Fase sazonal de fausto e abundância. Época de aparente ausência de limites. Tempo de introjeção de valores e normas coletivas. Vitrine para a economia criativa da comunidade. Ocasião de partilha de sentimentos coletivos. Devoção. Comemoração. Repetição. Tradição. Inovação. Sagrado. Profano. Celebração da fé e da vida.
Feliz São João em São João!
Texto de Quintino Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...