Inauguração do Açude Sabugi em São João do Sabugi/RN

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Seca Brava em São João do Sabugi - RN



Sabugienses demonstram preocupação com a possibilidade de aumentarem a vazão das comportas do açude público Santo Antônio

 
 Fotos: Extraídas da  Internet

4516Leleu Fontes
Em Caicó, RN, o presidente da Câmara Municipal, Leleu Fontes, esteve reunido com representantes da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos e do DNOCS, solicitando providências referente ao fornecimento d'água do Rio Sabugi. 
O presidente da Câmara de Caicó, entregou a Francisco Isaltino Guedes do Rêgo, secretário-adjunto da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, um ofício de sua autoria, visando estudar a possibilidade de aumentar a vazão das comportas da barragem Carnaúbas. Leleu também esteve com José Eduardo Alves, coordenador estadual do DNOCS, solicitando que aconteça o mesmo estudo no Açude Santo Antônio, inclusive, destacando que o açude tem condições de também aumentar sua vazão e liberar mais água para a perenização do Rio Sabugi. 
Diante das solicitações feitas pelo presidente da Câmara de Caicó, os sabugienses demonstram preocupação, visto que, o município já vivencia situação preocupante em relação a falta d'água; inclusive, já está havendo racionamento na cidade. 
Foi noticiado em comunidade de facebook de São João do Sabugi, que um projeto será implementado sobre racionamento e desperdício d'água no município. A professora Djanira Araújo de Medeiros,  que integra a coordenação pedagógica de escolas da cidade, diz que o açude está apenas com 39% da sua capacidade."Acabei de declarar aos professores e coordenadores pedagógicos, que iremos realizar a implementação de um projeto sobre racionamento x desperdício de água em nosso município. Traçaremos ações para sensibilização da comunidade e encaminhamento dos nossos anseios, para tomada de medidas à entidades competentes. Para tal encontro, convidaremos algumas entidades e órgãos, dentre os quais o DNOCS. Acreditamos, como educadores, que estaremos fazendo a nossa parte e que educação se faz com intervenção na comunidade de forma dialogada e unida, construtiva. Nosso açude está com apenas 39% de sua capacidade. A situação é angustiante. Precisamos de união para lutarmos pelo precioso líquido", afirmou a pedagoga. 

Anna Jailma Via Blog A Flor da Terra

Um comentário:

  1. Será preciso q população de São joão se mobilize no sentido de impedir que isto venha acontecer, pois não se sabe o que pode acontecer no próximo ano com relação as chuvas; e por outra lado, se sabe que os maires interessados para q isto venha a acontecer são os grandes fazendeiros, políticos, etc.....

    Casas com piscinas e grandes áreas de lazer, esse é o verdadeiro objetivo, abastecer essas chácaras........

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...